BlogueCrônicas

Quem nunca cometeu um erro nunca tentou nada novo

A citação do título costuma ser atribuída ao físico teórico Albert Einstein, no entanto não há qualquer registro que confirme tal autoria.
Nascido em Ulm, Alemanha, no dia 14 de março de 1879, Albert Einstein foi o responsável por desenvolver a teoria da relatividade geral, que é um dos pilares da física moderna ao lado da mecânica quântica.
Todavia ele é mais conhecido pela fórmula de equivalência massa-energia: E = mc². Essa fórmula é conhecida por ser “a equação mais famosa do mundo”.
Einstein recebeu o Prêmio Nobel de Física em 1921 “por suas contribuições à física teórica” e, especialmente, por sua descoberta da lei do efeito fotoelétrico, que foi fundamental no estabelecimento da teoria quântica.
Apesar de tantis avanços e descobertas no campo da ciência, principalmente na física, Einstein é tratado hoje em dia como um autor de frases motivacionais.
Não menos desrespeitoso é tratar a física quântica como um “método” de “tratamentos alternativos” que, além de não funcionarem, podem ser prejudiciais, se não à saúde, certamente ao bolso!
Quanto à citação atribuída a Einstein, ela entra em colisão com outra também bastante conhecida: errar é humano!
Ora, é impossível não tentar “algo novo” durante a vida, ainda mais na infância, quando tudo é novidade… Já quanto a cometer erros, também podemos errar ao repetir algo corriqueiro, afinal não somos máquinas e Charles Chaplin já tratou disso em “Tempos Modernos”, um filme de 1936!

Deixe um comentário