BlogueXadrez

Xadrez — Aula 2: Tabuleiro e peças

Tabuleiro

Se ainda não viu a Aula 1, clique aqui!

O tabuleiro é formado por 64 quadrados, que são chamados de casas e distribuídos alternadamente em casas escuras (pretas) e casas claras (brancas).
O conjunto de 8 casas na horizontal (—) é chamado de linha ou fileira, logo temos 8 fileiras.
O conjunto de 8 casas na vertical ( | ) é chamado de coluna, então temos 8 colunas.
As casas estão distribuídas também em diagonais, que podem ser de 2 a 8 casas, temos então 26 diagonais. As duas maiores diagonais de 8 casas, sendo uma diagonal branca e outra preta, são chamadas de grandes diagonais.
O tabuleiro deve ser colocado de modo que a casa inferior à direita do jogador seja branca, ou seja, a casa de baixo da direita é branca!

Peças

São dois grupos de 16 peças, um grupo de peças brancas e outro de peças pretas ou negras, sendo: 1 Rei, 1 Dama, 2 Torres, 2 Cavalos, 2 Bispos e 8 peões para cada jogador.

A representação gráfica pode ser diferente, assim como o formato das peças, mas o jogador de xadrez, ou melhor, o enxadrista não terá dificuldades para identificar cada peça.

Colocação das peças

A partida é sempre iniciada pelo jogador que estiver com as peças brancas e a posição inicial das peças deve seguir o modelo do tabuleiro da imagem.
Observe que as Damas estão em casas da mesma cor delas: Dama branca em casa branca e Dama preta em casa preta, assim como os Reis ficam em casas contrárias à sua cor.
Lance é a denominação do conjunto de duas jogadas: o movimento das brancas e a resposta das pretas.
Nas representações gráficas (nas imagens e diagramas) é comum que as brancas estejam sempre na parte inferior do tabuleiro, seus peões, então, jogam para cima.

Nomenclatura geral

Para facilitar a descrição do jogo, admitem-se diversas expressões técnicas. Cada metade lateral do tabuleiro denomina-se flanco ou ala: sendo o flanco da esquerda das brancas chamado de flanco da dama, ou apenas flanco dama, e o da direita das brancas é o flanco do rei, ou apenas flanco rei.
As quatro casas centrais formam o centro do tabuleiro, mas essa denominação pode considerar também mais quatro casas laterais, duas de cada lado do quadrado original.
A dama e a torre denominam-se peças maiores; o cavalo e o bispo são as peças menores. A torre, o cavalo e o bispo recebem o nome do rei ou da dama, dependendo do seu lado no tabuleiro.
Dessa forma, cada coluna recebe o nome da peça correspondente, em sua posição inicial, então, da esquerda para a direita no tabuleiro, teremos as seguintes peças (tanto brancas quanto pretas): torre da dama ou, de forma compacta, torre-dama, cavalo da dama ou simplesmente cavalo-dama, bispo-dama, dama, rei, bispo-rei, cavalo-rei e torre-rei. Os peões recebem o mesmo nome da coluna: peão da torre da dama, ou simplesmente peão-torre-dama, peão-cavalo-dama, peão-bispo-dama, peão-dama, peão-rei, peão-bispo-rei, peão-cavalo-rei e peão-torre-rei.
As colunas recebem o nome de cada peça, por exemplo: coluna torre-dama, coluna dama e coluna bispo-rei.
Nas aulas seguintes será explicada a importância e quando é preciso utilizar os nomes com todas as referências e quando podem ser dispensadas. Em certos casos, por exemplo, será preciso dizer peão da torre da dama; em outros, será suficiente peão da torre e, ainda, casos em que bastará dizer peão.
Nas definições do diagrama, note que as colunas são iguais para os dois lados, a coluna torre-dama é a mesma para os dois bandos.

Por enquanto é só… Na próxima trataremos da movimentação das peças, até lá!

One thought on “Xadrez — Aula 2: Tabuleiro e peças

Deixe um comentário